16 de maio de 2014

Vestido Prada azul plissado


Olá a todos!

Vou postar hoje mais uma receita a pedido de uma leitora. Trata-se do vestido azul da Prada usado pela atriz Lupita Nayong’o no Oscar 2014.
Ele é um vestido lindo e super fácil de fazer, então vamos a ele:

Foto reprodução

Desvendando os mistérios:

Material:
12 m  de musseline de seda;
03 m  de alphaseda;
01 pacote 500 g de cristal ou miçanga transparente.

Corte:
Na musseline:
A modelagem é super simples em forma de triângulo, em viés, começando pela saia que será cortada oito vezes com a medida das laterais igual a atura da saia do vestido e medida do topo igual a ¼ da medida da cintura - ver o desenho abaixo. A medida lateral vai variar de acordo com a altura da dona do vestido. Ela deve ser tomada partindo da linha da cintura até o chão, já contanto com a altura do salto. No meu exemplo usei 1,10 m.


Depois cortamos o top, quatro vezes em viés, mesma modelagem, com altura que vai da linha do ombro até a linha da cintura, conforme desenho abaixo.


No forro:
O corte do forro é igual ao da musseline, só que este será cordado apenas quatro vezes tanto o top quanto a saia.

Foto reprodução

Montagem:
Primeiro uniremos os triângulos da saia de dois em dois por uma das linhas laterais para no final ficarmos com quatro triângulos/saia com o dobro da roda (cada um será um godê de 180°) – ver desenho abaixo.

Na linha onde marco meio da frente lê-se também o meio das costas, pois a modelagem é a mesma para ambos os lados.


Depois, uniremos cada parte da saia a uma parte do top pela linha da cintura de ambos, fazendo os devidos ajustes de medida na cintura.
Agora fazemos o plissado em todas as peças de musseline, no sentido do viés, caso queiram fazer isso em casa segue aqui o link de um tutorial que ensina a plissar tecido.
Depois de plissado, separamos então, duas partes para frente e outras duas para as costas. Unimos frente e costas pela linha do ombro, depois na frente unimos as saias pela linha do meio da frente com costura partindo da bainha até 05 cm acima da linda da cintura e repetimos o mesmo para as costas. Por fim fechamos as laterais da saia até a mesma altura.
Daí partimos para o bordado dos cristais em toda a roda da saia. Ele deve ser em linha reta, partindo da bainha em direção a cintura, fazendo o espaçamento gradativo das pedras e deve ser aplicado em cima da linha mais alta da marca do plissado.
Proceder o fechamento do forro da mesma forma que o da musseline, sendo que nele não será necessário plissar.
Por ultimo aplicamos o zíper e unimos forro e vestido com costura contornando todo o decote e cavas pelo avesso fazendo os devidos acabamentos. Arrematamos finalmente a cintura com uma faixa dupla face de alphaseda, cortada em viés e com 03 cm de largura, para formar o cinto (sempre aplico este tipo de faixa á mão com ponto invisível).

Zíper: Invisível aplicado na linha do meio das costas, partindo da linha do quadril até o fim do decote.

Bainha: De lenço na musseline e no forro.

Foto reprodução


Detalhes importantes:

ü  Não dá para usar sutiã com este modelo. Caso você tenha o busto grande diminua a profundidade do decote na frente e faça um forro com duas camadas;
ü  O corte das partes da saia pode ser feito direto em godê 180°, enfestanto o tecido, mas eu prefiro fazer da forma que expliquei acima porque a musseline é um tecido liso demais que “corre” muito na hora de cortar. Acho mais seguro cortar dois triângulos separadamente e depois emendar, com o plissado a costura fica totalmente camuflada.

E pronto vestido feito, espero que tenham gostado e até o próximo!

Beijos!