5 de abril de 2013

Vestido de Tule com Bordado Dolce & Gabbana


Mais um pedido sendo atendido, desta vez vou explicar como fazer o vestido Dolce & Gabbana usado por Scarlet Johansson no baile do Met.
Ele é simples de costurar, o trabalho maior está no bordado.
Vamos lá.

Foto reprodução

Desvendando os mistérios:

Material:

09 m de filó bege;
01 m de tule bordado (opcional);
03 m de cetim bege;
03 m de alfaseda bege;
01 m de entretela ou algodão cru;
Strass em corda, pedras e fio dourado para bordado.

Foto reprodução

Corte:

No filó:
Cortamos a saia três vezes, em viés, modelagem godê com o fundo mais comprido que a frente para fazer a calda. A saia começa 10 cm abaixo da linha do quadril. Para dar bastante volume aumente em 1/3 a medida da parte de cima da saia para poder franzir um pouco.
Em seguida cortamos o corpo do vestido, em fio reto, modelagem tubinho bem justo com decote coração meia taça e altura até 10 cm abaixo da linha do quadril - esta parte pode ser cortada no tule bordado caso você queira ser mais pratico e não ter tanto trabalho bordando tudo.
Depois duas tiras com aproximadamente 30 cm de altura X medida do contorno do braço de comprimento para fazer as manguinhas.

Na entretela:
Cortamos uma vez o corselete igual ao de filó.

Na alfaseda e no cetim:
Cortamos um corselete e uma saia conforme os de filó.

Em todos:
Abertura no meio das costas para o zíper.


Foto reprodução

Montagem:

Caso você opte pelo tule bordado para o corselete, então já pode começar o fechamento de todas as partes seguindo direto para a montagem, sendo o seguinte:
Costuramos o corselete de entretela, de alfaseda, de tule e de cetim;
Costuramos as saias de filó, de alfaseda e de cetim.
Unimos as saias aos seus respectivos corseletes.
Montamos o vestido na seguinte ordem: alfaseda - entretela - cetim - tule. Atentar para deixar 04 aberturas com aproximadamente 05 cm, nas laterais na linha do decote (02 frente e 02 costas), entre a entretela e o cetim para podermos encaixar as mangas.
Feito isso aplicamos as manguinhas nas aberturas, sendo que primeiro temos que dobra-las, depois franzir um pouco cada extremidade até ficar do mesmo tamanho da abertura onde ela está sendo encaixada. Aconselho aplica-la a mão, com ponto invisível, tomando cuidado para esconder bem as extremidades.
Depois disso aplicamos também a mão as correntes de strass, contornando a meia taça do bojo e o corpo conforme o desenho e as pedras.  Temos que tomar cuidado para não deixar os pontos escaparem para a parte de dentro do vestido, isso estragaria todo o acabamento!
Coso você opte por fazer todo de filó antes de montarmos as camadas do vestido, fazemos o bordado do corselete e das manguinhas com o fio dourado conforme o desenho, já deixando ele totalmente arrematado. Depois é só proceder à montagem e aplicação da corrente de strass e das pedras conforme explicação acima.

Foto reprodução

Bainha: Na maquina com 0,5 cm no vestido de alfaseda e no de cetim. Nenhuma bainha no de filó.

Zíper: No meio das costas, com 50 cm de comprimento.



Detalhes importantes:

ü  Fazer ele com filó e bordar desde o princípio dá trabalho, mas fica muito melhor. Repare que o desenho contorna o corpo e encontrar um tule bordado já com esta característica é difícil além de ser bem mais caro.
ü  Tule bordado e filó DEVEM ser da mesma cor, caso contrário, fica bem feio dois tons de bege neste modelo de vestido.
ü  Mesmo sendo um vestido bem estruturado uma lingerie modeladora sempre cai muito bem.
ü  Caso você queira pode aramar a base da meia taça, isso dá ainda mais sustentação.


Pronto Jared, vestido feito!
Muito obrigada pela sugestão incrível e por acompanhar o meu blog.
Beijos e até o próximo!