11 de março de 2013

Vestido Champanhe Halston Heritage


Mais um pedido! Hoje vou explicar como se faz o vestido plissado Halston Heritage usado por Sarah Jessica Parker no baile do MET.
É um vestido champanhe bem brilhante totalmente plissado. Super fácil de fazer.
Vamos lá:

Foto reprodução



Desvendando os mistérios:

Material:

6,60 m de lamé nude;
3,50 m de musseline nude para o forro; 
zíper invisível.


Corte:

No Lamé:
Antes de qualquer coisa teremos que plissar o lamé. Para isso vamos separa-lo em dois pedaços. O primeiro com 50 cm, que será para a parte de cima do vestido, e que iremos plissar no fio reto.
A segunda com 3,00 m, que será a parte de baixo do vestido, e que iremos plissar em fio enviesado.
Vai sobrar um tira de 10 cm de lamé sem plissar.

Este plissado pode ser feito a maquina, caso você tenha este serviço disponível em sua cidade, ou em casa de forma artesanal. Segue logo abaixo um link com o passo a passo do plissado caseiro. É super simples e só exige paciência e cuidado:

http://manequim.abril.com.br/faca-e-use/customizacao/como-fazer-roupas-plissadas-em-casa-642254.shtml?page=page2

Feito todo o processo de plissagem começamos o corte da seguinte forma:
Parte de cima - No tecido plissado em fio reto, fechemos todas as preguinhas com alfinete e procedemos como se estivéssemos trabalhando com um tecido normal. Modelagem retangular, partindo de cima na largura do tórax e descendo e abrindo sutilmente até chegar à largura do quadril na bainha. Atentar para o comprimento do top, ele vai até 05 cm abaixo da linha da cintura, desta forma poderemos fazer o efeito blusado ao ajusta - ló a saia.
Saia - Cortar no tecido plissado em viés, com modelagem de godê duplo. Atentar também para o fechamennto das preguinhas com alfinetes na linha do cós de forma a termos a cintura bem ajustada ao seu corpo.
Acabamento da cintura - no lamé sem plissado, fazemos um cós simples em forma de tira dupla face com 2 cm de largura, bem ajustado a cintura.
Alças - no lamé sem plissar em forma te tira extra fina.

Na Musseline:
Para o forro não será necessário plissado. O top pode ser cortado em fio reto, modelagem igual a do lamé sendo que o comprimento vai até a linha da cintura, para o forro não será necessário o blusado. Para a saia, godê simples com fio em viés.

Em todos abertura no meio das costas para o zíper.

Foto reprodução


Montagem:

Unimos o top e a saia de lamé com as preguinhas fechadas na linha da costura. Fazemos o mesmo com a musseline. Depois unimos forro ao vestido pela linha do decote em cima - já aplicando as alças com desenho cruzado nas costas - e na linha da cintura em baixo, tendo o cuidado de alinhar as costuras do cós no lamé e na musseline, desta forma teremos o efeito blusado no lamé.
Feito isso aplicamos a tira de lamé por cima da junção saia / top para dar acabamento.

Bainha: No lamé e na musseline a maquina, com 0,3 cm de largura no máximo.

Ziper: Nas costas, invisível.

Foto Reprodução


Detalhes importantes:

ü  Sempre alfinetar as preguinhas para fazer a costura, caso não tenha muita habilidade com os alfinetes, faça um alinhavo. É importante mante-las bem alinhadas na hora de passar na maquina.
ü  O godê duplo faz toda a diferença na amplitude da saia!
ü  Caso você ache o lamé brilhante demais, uma boa opção de tecido é o cetim aya também chamado de melow. Lembrando que o plissado fixa melhor em tecidos sintéticos.
ü  Sempre é bom lembrar... a lingerie tem que ser neutra para não marcar nada e nem aparecer!!!


É isso Gabriela, vestido pronto!
Espero ter te ajudado e boa sorte com a costura.
Beijos e obrigada pela sugestão!