19 de fevereiro de 2013

Vestido Branco e Vermelho Ateliê Versace


Hoje vou atender a um pedido que recebi! O vestido é do Ateliê Versace, e foi usado por Angelina Jolie no Globo de Ouro deste ano.
Ele é um pouco difícil de fazer, porque exige habilidade com costura manual e com moulage também. Vou tentar explicar da forma mais simples possível mas já aviso que a montagem da saia é um pouco confusa.
Então Joicy, lá vai a “receita” para o seu vestido!!

Foto reprodução

Desvendando os mistérios:

Material:

9,00 (!!!) metros cetim de seda branco;
1/2 metro de cetim de seda vermelha;
1/2 metro de entretela ou de algodão engomado branco para estruturar o corpete.

v  Eu prefiro o algodão, aqui na minha cidade as entretelas não são de boa qualidade.
v  O cetim de seda é bem caro, então pode substituir pelo cetim sintético com strech. Prestar atenção para o caimento do tecido, ele tem que ser bem fino e fluido, caso contrário não vai ficar bom.
v  Se encontrar o cetim com 1,60m de largura, melhor!!

Foto reprodução

Corte:

Corpete - Primeiro cortamos o corpete na algodão. Bem estruturado e justo ao corpo até a linha do quadril. Decote um ombro só nas costas, e na frente decote com ponta, para isso prolongamos a altura do decote aproximadamente uns 10 cm na lateral esquerda e uns 22 cm na lateral direita de forma a termos uma ponta. Esta ponta será dobrada e formará a aba da frente. Deixar abertura para o zíper na lateral esquerda.
Feito isso, cortar o corpete no cetim vermelho e no branco, igual ao de algodão.
Em todos eles, no lugar dos recortes para ajustar, fazer apenas a abertura das pences partindo da altura da linha do busto até a linha do quadril, na frente e da cava até a linha do quadril, nas costas. Segue abaixo esboço da modelagem:




Saia - A saia tem três partes, e fica mais fácil fazer no manequim de moulage. Primeiro cortamos quatro triângulos no cetim branco, em viés, de 1,40m de lateral e base proporcional usando toda a roda. Eles serão a parte esquerda da frente, o detalhe drapeado e a parte de trás;
A outra parte, cortada duas vezes, em viés,  no cetim branco, na forma de triangulo com 1,40m nas laterais e base na metade da proporção. Ela formará o complemento da lateral direita da frente e das costas, sendo que teremos que apruma-la no manequim de moulage até tomar a forma correta. Segue desenho dos cortes:




Montagem:

Costurar todo o corpete de sarja, depois os de cetim e montar da seguinte forma: cetim vermelho - algodão - cetim branco. 
A parte vermelha deve ficar para dentro. Unir tudo e fazer a dobra da ponta da frente de modo a mostrar o vermelho de dentro.
Costurar os triângulos de cetim, pela auréola do tecido de forma a ficarmos com três peças dupla face, sendo duas maiores e uma menor. Bater as costuras com ferro para alinhar bem. Feito isso, unir os dois triângulos maiores pela ponta e depois torcer de forma a termos uma forma mais ou menos como uma ampulheta (conforme desenho). 
Começamos a montar prendendo a parte torcida na linha da pence direita do corpete, onde depois formaremos a fenda, atentando para a cintura alta e bem assentada - é nesta parte que entra a costura a mão, com ponto invisível - vai alfinetando o drapeado para segurar as preguinhas, que depois serão costuradas à mão com ponto invisível também. Seguir com o tecido pela frente e fundo até chegar a lateral esquerda, onde será aplicado o zíper. Alinhavar a lateral e cortar tudo o que for excesso e ponta.
Terminado isso vai ficar um “buraco” na lateral direita, é aí que entra o triângulo menor de cetim,  sendo que a ponta de cima dele será fixada na lateral esquerda, por baixo da primeira parte - pela frente - e vem seguindo a linha do corpete (costura a mão com ponto invisível) ajustando para formar a fenda e cobrir o buraco deixado pela outra parte. Alfinetar e alinhavar uma parte na outra e cortar pontas e excessos.
Costurar a lateral esquerda, atentando para ajustar conforme o contorno do seu corpo e aplicar nela o zíper. Costurar a junção das duas partes da saia, que deve ficar mais ou menos no meio das costas. Costurar uma pence de ajuste na lateral direita de forma a dar a esta parte o contorno do seu corpo. Esta pence sai da linha do quadril e vai sumindo em direção à bainha. Bater todas as costuras a ferro para alinhar bem.

Foto reprodução


Zíper: tem que ser na lateral e invisível.

Bainha: costurada à mão, ponto embutido, de forma a unir as duas partes de cetim. Bater com ferro depois.

Detalhes importantes:

ü  Não tem jeito, temos que gastar essa metragem enorme de cetim. Fazer ele com tecido de forro para o avesso vai estragar o caimento e a fluidez do vestido. Não dá certo mesmo!!!
ü  Este vestido tem que ser usado com lingerie modeladora, este cetim marca absolutamente tudo.
ü  Caso você encontre o tecido com 1,60m de largura aí os triângulos serão de 1,60m nas laterais. Esta largura é a ideal para este vestido, principalmente para as mulheres mais altas.

Foto reprodução


É isso, espero ter conseguido explicar mais ou menos com clareza... Esta foi a forma mais simples que encontrai de fazer ele. Este modelo é daqueles que parece fácil, mas não é!!
Adorei a sugestão Joicy, e espero contar com muitas mais.

Até o próximo!