26 de julho de 2011

Vestido Elie Saab azul marinho

Foto reprodução

Vi este vestido no desfile de alta costura outono 2011, do estilista Elie Saab. O trabalho de bordado é incrivel e faz toda a diferença. A cor também é perfeita, é raro ver vestido de festa azul marinho.
Se você tem uma festa extremamente chique e à noite, este é o vestido!


Desvendando os mistérios:

Tecido: 10 metros de musseline de seda ou sintética, contando com uma saia de três camadas. Para cada camada a mais acrescentar mais 3m de tecido.

Forro: O vestido da foto só tem forro na parte de cima, então só será necessário 1,5m de alfaseda.

CorteA parte cima é cortada a partir da modelagem básica de blusa. Ajustar todo o corpo, fazer decote V até a altura da linha do busto na frente e até 5cm abaixo da linha do busto nas costas.
No ombro tirar 4cm de cada lado a contar da base do pescoço e manter a cava. Para a pala bordada que cobre os ombros e faz o detalhe cruzado na frente e ajustado na cintura, cortar uma tira em viés com 10cm de largura nas pontas e 15cm de largura no meio, de forma que quando posta no vestido ela forme as “manguinhas” sobre o ombro (meio) e vá diminuindo de tamanho no decorrer do corpo até chegar na altura da cintura (pontas) acompanhando o decote. O comprimento deve ser medido no corpo partindo da linha da cintura na frente e fazendo todo o trajeto do decote até chegar à linha da cintura nas costas. Nas costas na altura da linha da cintura tem a continuação da pala da frente, com 10cm de largura, onde deve ser colocado o zíper invisível. Eu sempre gosto de centralizar o zíper, mas se preferir pode colocar na lateral também.
Para deixar a silueta mais longilínea subir em 1,5cm a linha da cintura.
A saia é cortada em viés (volante) bastante amplo da altura da linha da cintura até encostar no chão, o sapato não aparece. São no mínimo 3 camadas de saia, quanto mais camadas menos transparência.

Foto reprodução

Detalhes:
a) Bordado - Primeiro devemos fazer todo o vestido e só depois bordar. O que se aproxima mais é o vidrilho ou o canutilho aplicado em linhas retas paralelas. O corpo é totalmente bordado e a saia tem mais concentração na cintura e vai sumindo em direção à bainha.
b) Alças - por causa do bordado e do decote a tendência é que as alças fiquem pesadas e sem muita firmeza, podendo escorregar pelo ombro toda vez que você for sentar ou fizer um movimento em que o corpo encolha. Para dar firmeza coloque em toda a extensão do decote, acompanhando o mesmo desenho da pala, um elástico de 1cm um pouco tencionado entre o forro e o tecido. Isso vai fazer com que as alças se firmem bem no ombro evitando os escorregos.

Bainha: Batida na maquina com no máximo 0,5cm de largura.


Aviso importante 1: Caso queira você pode colocar forro na saia, neste caso você vai precisar de mais 3m de alfaseda, formando 4,5m no total e vai usar apenas uma camada de musseline na saia, então bastam 5m deste tecido.

Aviso importante 2: Este modelo veste bem em qualquer tipo de corpo. Ele tem um corte que alonga e a cor escura afina a silueta.

Pronto, mais um vestido desvendado. Espero que as dicas sejam úteis.

Beijos e até o próximo!