17 de junho de 2015

Bordado com Pedraria - Vestido Patricia Bonaldi


Olá a todos!
Demorei, mas voltei! rsrsrs
Hoje vou postar uma dica rápida de bordado em forma de pergunta/resposta. Primeiro vou colocar a dúvida enviada por uma leitora, depois a resposta que dei para ela. Assim inauguramos aqui uma nova forma de post e de aprender e ensinar!! 

O vestido em questão foi um da estilista Patrícia Bonaldi que, para variar, é lindo de morrer!! 

Então vamos lá:


O vestido:

foto reprodução

Para facilitar a visualização do vestido, segue vídeo do desfile




A dúvida:

Como fazer para executar o bordado do corpo do vestido? Será necessário fazer todo o desenho do bordado no mesmo tecido da saia, em partes separadas, com fio de seda em uma máquina bordadeira; depois recortar este bordado, rebordar com a pedraria e por fim aplicar no tule?

A resposta:

Bom, pelo que vi da foto este corpo é todo bordado com pedraria sobre uma estampa tipo devorê no tule. Para chegar a este efeito eu faria o seguinte:

1°- riscar duas vezes o desenho desejado em um tecido encorpado tipo tafetá ou zebeline. 
2°- recortar todas as partes do desenho e unir cada uma à sua correspondente (por isso os dois riscos) de forma a ter-las em dupla face. Atentar para os acabamentos!
3°- aplicar cada parte ao tule com costura a mão, ponto e linha invisível, respeitando o desenho original.
4°- rebordar com pedraria todas as aplicações, também à mão.

Não recomendo fazer o bordado a máquina para obter o desenho desejado porque, depois de recortar, corre-se o risco de você ter vários pedaços desfiando o que acabaria influenciando no acabamento final e na limpeza da peça, além de dar mais trabalho na hora de rebordar...seria muita linha em cima de linha, sabe?

Esta foi uma maneira que encontrei de executar este corpo, espero que possa ajuda-los na execução de suas peças.


Até o próximo e muito obrigada por ler o meu blog!

24 de abril de 2015

Vestido Cinderella Elie Saab

Olá a Todos!

Estou de volta para mais uma “receita”. A pedido de Mariana uma leitora do blog, vou explicar como fazer o vestido Elie Sabb que a atriz Lily James usou na première do filme Cinderella.

Antes de mais nada vou responder uma dúvida dela a respeito do corte da saia. Ela me pediu para encontrar uma forma de cortar a saia sem ser em viés para poder aproveitar o barrado que já vem pronto no tule. Bom, na verdade se cortarmos de forma a aproveitar o barrado perderíamos muito no caimento e o resultado final seria diferente do original. Para ter esta calda e este caimento de saia temos que usar o fio viés mesmo!
Neste caso eu primeiro recorto todo o barrado do tule, depois corto a saia em viés e depois reaplico o barrado na finalização. Alta costura dá um trabalho danado mesmo!!

Então, o vestido é lindíssimo e se você quer ter um parecido, continue lendo. Vamos lá:

Foto reprodução


Desvendando os mistérios.


Materiais:
4,5 metros de organza nude;
05 metros de tule bordado devorê de fundo nude e bordado azul;
03 metros de alphaseda azul claro;
03 metros de tule de armação;
02 metros de bico de renda azul;
Entretela cavalinha ou murim, zíper e demais aviamentos.

Corte:

Base e estrutura do vestido:
Vamos começar cortantando o forro de alphaseda, primeiro a saia em viés com modelagem de ¼ de godê; depois o top, duas vezes, em fio reto com modelagem corselet, decote princesa sendo que só precisa da parte da frente. Costure tudo e em uma das partes do top você vai aplicar o bico de renda em todo o contorno do decote coração, a outra fica sem nada por enquanto.
Depois na entretela corte a mesma parte da frente do corselet, costure e aplique em uma das partes de alphaseda (a que ficou sem o bico de renda) com pontos de alinhavo para não sair do lugar. Esta parte será a camada avesso, a outra será o fundo da blusa de tule.
Cortar duas tiras retangulares com aproximadamente 05 cm de largura e comprimento igual ao tamanho da altura das costas, para acabamento do zíper.
Para finalizar cortamos outra saia com o tule de armação da mesma forma que cortamos a saia de alfaseda, sendo que nesta podemos aplicar um pouco mais de roda ao godê para que ela dê bastante volume ao vestido.

Primeira camada da saia:
Esta parte será feita na organza e deve ser cortada também em modelagem ¼ de godê. Primeiro a parte da frente, igual as outras, depois a parte de trás da saia, sendo que na linha do meio das costas acrescentaremos comprimento de acordo com o tamanho de calda desejada. Cortar também os dois bolsos embutidos laterais e uma faixa viés de 20 cm de largura e comprimento igual ao comprimento da barra da saia – este deve ser medido depois de  cortar a saia  e varia de acordo com a quantidade de roda que você colocar. Costura tudo e reserva.

Terceira parte da saia e parte de cima do vestido.
Cortamos no tule devorê. Primeiro a parte da frente da saia, em viés na mesma modelagem godê das outras, depois cortamos a parte de trás da saia, em viés, mesmo godê sendo que na linha do meio das costas acrescentaremos comprimento de acordo com o tamanho de calda desejado. 
Depois o top, modelagem blusa básica bem ajustada com mangas compridas.
Costure tudo, sendo que na parte da frente do top você deve aplicar por baixo do tule bordado a parte de corselet de alfaseda com bico de renda aplicado que já deixamos pronto e reservado, e na parte de trás aplicamos também por baixo do tule recortes do bico de renda de forma a termos uma parte mais densa de bordados partindo da linha da cintura e subindo até mais ou menos uns 15 a 20 cm nas costas. 
Na parte da frente da saia você aplica os bolsos de organza.

Foto reprodução

Montagem:
Primeiro unimos todas as partes da base na seguinte ordem: top de alfaseda entretelado + saia de alfaseda + saia de tule por cima da alfaseda.
Depois unimos as partes do vestido na seguinte ordem: top de tule já com o fundo de alfaseda + saia de organza + saia de tule devore por cima da organza. Neste ponto aplique o zíper no meio das costas e depois o acabamento.
Para finalizar una o vestido a base/forro fazendo os devidos acabamentos.
Bainha: feita unindo as barras das saias de organza e de tule com a aplicação da faixa de acabamento 20 cm de largura. Na saia de alfaseda fazer bainha lenço.

Como toque final usar por cima do vestido um cinto bem fino que pode ser feito de fita de veludo nude.
E Pronto!

Foto reprodução

Observações importantes:
  • O acabamento do zíper fica bem melhor se aplicado com pontos à mão.
  • Não use entretela com cola de jeito nenhum!
  • Se você não encontrar o tule devore pode ser o bordado normal mesmo, fica lindo também!



Foto reprodução

É isso, espero que tenham gostado, boa sorte na costura,  muito obrigada a todos e em especial a Mariana que me sugeriu ele maravilhosos vestido!!
Beijos e até o proximo!